Inicio
Estudos
Estudos Trata Brasil
Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no...

Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Rio de Janeiro

No Brasil, mais de 35 milhões de brasileiros não têm acesso a serviços de saneamento básico. No Estado do Rio de Janeiro, 92,15% da sua população é abastecida com água tratada. 64.54% da população fluminense tem acesso à coleta dos esgotos e somente 33,67% são tratados. Os números são divulgados segundo o SNIS 2015 (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento).

Em continuidade aos estudos sobre os Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Brasil, o Instituto Trata Brasil, em parceria com a Ex Ante Consultoria Econômica, publica o diagnóstico “Benefícios Econômicos e Sociais da Expansão do Saneamento no Rio de Janeiro”.

O estudo faz um balanço dos benefícios e dos custos do avanço do saneamento no Rio de Janeiro. O diagnóstico mostra as relações entre o avanço do saneamento e a mortalidade infantil, estimativas dos efeitos de geração de emprego, as externalidades da falta de saneamento, as quais compreendem os impactos decorrentes do déficit de saneamento sobre a saúde, a produtividade do trabalho, o atraso escolar e a valorização ambiental.

Confira o estudo completo.

Detalhes do Estudo

Copyright 2013 - Instituto Trata Brasil - Todos os direitos reservados.