Inicio
Imprensa
O Meio Ambiente e Nossa Sade

O Meio Ambiente e Nossa Sade

*Milton Hênio

Hoje está sendo comemorado em todo o Brasil, o Dia Mundial do Meio Ambiente. É uma pena que a nossa belíssima natureza nos dias que correm, seja tão agredida pelos homens que só pensam em lucros e vão destruindo arvores centenárias. A floresta amazônica, este enorme potencial genético da humanidade, pode ser destruída num prazo de 50 anos se não forem tomadas enérgicas providencias para salvá-la da devastação. O pior é que, destruindo seu meio, o homem estácriando condições incompatíveis com a vida e promovendo a sua própria destruição. Confesso que sou apaixonado pela natureza. Não canso de olhá-la, de usufruir da sua beleza. A natureza tem vida e se agita por si mesma. Hoje amanhecitriste porque defronteao edifício onde moro, uma belíssima arvore que abriga inúmeros pássaros ao entardecer, foi destruída para dar lugar a um edifício.É o progresso. Ficocom pena dos pássaros que perderam o abrigo e o repouso nas noites frias do inverno.

Vivemos um desastre ambiental diário e silencioso. Menos de 44% da população brasileira está ligada a rede de esgotos e menos de 30% desse esgoto é tratado segundo dados do Ministério das Cidades. São bilhões e bilhões de litros de resíduos jogados todos os dias nos nossos rios, bacias e mares, causando um incontável número de doenças, sofrimento e morte. Segundo o Instituto Trata Brasil, nosso país é o nono colocado no ranking mundial “da vergonha”, com 13 milhões de habitantes sem acesso a banheiro. A cobertura de saneamento do Brasil não condiz com um país que almeja destaque perante as outras nações. Os dados extraídos de pesquisas recentes mostram que 700 mil pessoas são internadas a cada ano nos hospitais brasileiros em consequência de diarreias, desidratação e outras enfermidades decorrentes da falta de coleta e tratamentodos esgotos.

Milhões de vidas são roubadas do planeta bruscamente. Choros, lagrimas e desespero. Terremotos, vulcões, ventos fortes, furacões, secas desastrosas e inundações terríveis. A natureza é sábia, mas se rebela quando é agredida. A água do mar tão bela e gostosa vive nos tempos modernos inundada por imensa quantidade de objetos os mais variados, que passam anos em suas águas alterando o meio ambiente e vivendo em suas ondas. Vejamos:um papel toalha demora  4 semanas para desaparecer, uma caixa de leite 3 meses, uma página de jornal 6 meses, uma fralda descartável 1 ano. E por aí vai.

Vamos, portanto, proteger o nosso ambiente, desde a nossa casa até os lugares mais longínquos, para que tenhamos uma vida saudável.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, um bilhão de pessoas no mundo atualmente não dispõem de água potável e 80% das doenças existentes na terra são causadas por contaminação de água. Para onde vamos? Esperar é o único caminho. Esperar sempre por dias melhores.

*Milton Hênio é médico pediatra e Embaixador do Instituto Trata Brasil

Copyright 2013 - Instituto Trata Brasil - Todos os direitos reservados.